A história do meu cabelo

dezembro 27, 2016

oiiiii gente! Tudo bem?


Hoje vim contar para vocês a história do meu cabelo. Já fiz muita coisa errada no meu cabelo. E a história é longa então vamos la.

Meu cabelo natural é anelado e muito fininho, e quando eu era criança minha mãe não sabia cuidar, ele ficava sem forma e muito armado. Meu pai nunca gostou que eu fizesse química no cabelo, mas a menina aqui é muito teimosa kkk. Aos 14 anos passei alisante no cabelo, e detalhe comprei um alisante super forte na farmácia sem nem ter noção nenhuma de cabelo. Cheguei em casa e pedi minha tia (que também não tinha noção)  pra passar pra me. Resultado: o cabelo ficou lisinho, mas metade do cabelo caiu. Eu tinha o cabelo enorme, e caiu e quebrou tanto que ele foi parar no meio das costas.

Para tampar o quebrado eu comecei a pintar de preto azulado, e fiquei durante 1 ano e pouco mantendo a cor assim. Eu não hidratava, não cuidava da saúde do meu cabelo. Nessa época veio a febre da progressiva. Todo mundo fazia, e a doida aqui também entrou nessa onda, dai que meu cabelo foi ficando mais e mais ralo ainda. A progressiva é uma química que mascara o cabelo, por fora o cabelo ta lindo, mas como eu não cuidava por dentro ele era muito franco.

Em 2013 coloquei na cabeça que queria ser loira. Eu fiquei 2 meses sem pintar de preto, comprei a tinta mais clara que tinha na farmácia. Na minha cabeça a tinta iria clarear meu cabelo. Resultado: fiquei com 2 dedos de raiz loiríssima e o resto preto do mesmo jeito. Eu parecia um gambá kkkkk. 

Hoje conto isso rindo mas na época fiquei doidinha sem saber o que fazer. No mesmo dia fui em um salão pra concertar a cagada que eu tinha feito, mas a moça nem quis mexer no meu cabelo porque ele estava tão fraco que não iria aguentar. Mas como não dava pra me ficar parecendo um gambá, comprei um pó descolorante e uma ox na farmácia mesmo ( essa farmácia lucrou só com as cagadas que eu fazia no meu cabelo kkk). Uma vizinha puxou as luzes pra me, e lógico ficou ridículo. Minha raiz loira, as luzes laranja e o resto preto. Lembro que puxei 4 vezes luzes no meu cabelo em apenas um mês. Lutei durante seis meses com a cor do meu cabelo.

Comecei a fazer curso de cabeleireira profissional final de 2013. Ai que comecei a entender as cagadas que eu fazia no meu cabelo. E a essa altura meu cabelo já estava loiro branco, e todo quebrado.

Não adianta só colocar químicas em cima de químicas sem cuidar da saúde do cabelo. Hoje em dia faço luzes no máximo 2 vezes no ano, e faço botox também no máximo 2 vezes por ano. Alem de seguir um cronograma capilar, o que foi essencial para o crescimento do meu cabelo.


Nessa semana especial de post todo dia irei falar um pouco mais sobre cuidados com o cabelo, então não percam.

Um super beijo meu povo lindo e até amanhã!

You Might Also Like

2 comentários

Me conte oque achou do post.

Popular Posts

Newsletter

Like us on Facebook

Flickr Images